quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Qual a diferença entre conto e crônica?

[caption id="attachment_1669" align="aligncenter" width="663"]creative-writing-banner Fonte: SMWC[/caption]

Vamos abordar um assunto que também tinha muitas dúvidas, mas depois da disciplina de Oficina Literária, tudo se esclareceu. Afinal, o conto e a crônica são histórias pequenas e de fácil entendimento, mas qual é realmente a diferença entre eles?

CONTO - O conto geralmente trata de uma situação, a qual se desenrola sem pausas. Tudo deve ser muito simples, sem grandes complicações psicológicas e sem peripécias. O seu foco é levar o leitor ao desfecho, que também é o clímax da história. No conto não importa o passado e futuro, e sim o presente. Tudo nesse tipo de narrativa se passa em um tempo curtíssimo, são apenas algumas horas ou alguns dias.

CRÔNICA - A crônica trata do cotidiano, mas o reveste de fantasia. Normalmente é uma narrativa leve, breve e de fácil digestão, afinal deve ser digerida por todo tipo de leitor, pois apresenta fatos que tornam a leitura interessante, como novidade, surpresa e assuntos variados do dia a dia das pessoas. A crônica também pode trabalhar com humor, propondo uma análise crítica de alguma situação por meio da ironia. Podemos encontrar várias crônicas em jornais, por isso o meio jornalístico é um dos meios mais importantes de divulgação das crônicas.

Um comentário:

  1. […] Sei que comecei Machado fora de ordem, já li dois romances e agora esses contos. Mas para você que tem dificuldade com os romances de Machado, recomendo começar pelos contos. Os contos além de serem histórias menores, consequentemente tem uma linguagem mais fácil. Lembrando que já fiz um post com a diferença entre o conto e a crônica (veja AQUI). […]

    ResponderExcluir