terça-feira, 18 de outubro de 2016

Livro: O quinze - Rachel de Queiroz

20161010_130835

Hoje, venho falar desse livro surpreendente da Rachel de Queiroz, uma das autoras que pertence a Segunda Geração do Modernismo no Brasil, que ficou conhecida como a Geração de 30. Os romances dessa fase são caracterizados pela denúncia social, por isso houve interesse em retratar temas nacionais.

Esse livro foi escrito pela a autora quando ela tinha somente 20 anos e traz como temática a grande seca de 1915 do Nordeste, na qual Rachel ouviu tanto falar. Só mais uma curiosidade da autora, ela foi a primeira mulher a entrar na Acadêmia Brasileira de Letras.

SOBRE A OBRA:

O livro gira em torno de Conceição, uma jovem professora e mais dois núcleos de personagens, Vicente e Chico Bento e sua família. A moça vai para Logradouro, localizada próximo de Quixadá, onde vive sua avó mãe Nácia, como ela a chama. A seca está castigando a localidade e Conceição vai para lá passar férias com o intuito de levar a avó para a capital, onde mora e leciona.

De início a avó encontra certa resistência, pois não saberia ficar longe de casa e reza constantemente pedindo a chegada das chuvas. Vicente é primo da Conceição e trabalha em sua própria fazenda cuidando do gado. Apesar disso, é um homem sem muitos estudos, ao contrário de sua prima conhecida como uma moça intelectual. Há um certo tipo de flerte entre os dois, mas muito sutil.

Já o Chico Bento é um vaqueiro que trabalha na fazenda de Dona Maroca, que por sua vez manda soltar o gado para a própria sorte. Sem ter o que fazer na fazenda, Chico Bento resolve migrar para o Norte com a família e como não acham passagem de trem, resolvem fazer a viagem a pé. No decorrer dessa peregrinação, a família vai passar por muitos sofrimentos.

Apesar de lembrar muito o livro Vidas Secas, do Graciliano Ramos, é um livro totalmente diferente e que me emocionou muito. Vale a pena a leitura para conhecer mais dessa grande obra da nossa literatura brasileira e refletirmos mais sobre a nossa própria história.

4 comentários:

  1. Nossa, parece realmente muito interessante, Renata, confesso que fiquei curiosa para ler!! rs
    (Ah, e eu não tenho mais você no meu instagram, você sumiu. Não sei o que aconteceu. :S )
    Fique com Deus... Ótimo Dia!! Beijinhos
    Flá

    ResponderExcluir
  2. Oi Fláviaaa!! Leia sim, você vai adorar.. Agora utilizo o instagram do meu blog @mergulhandoemletras, me segue por lá. Beijocas

    ResponderExcluir
  3. […] Esse foi indicação de uma super amiga que também cursa Letras e também é blogueira, a Chris do Letras Extraordinárias. O livro retrata a seca do Nordeste e em certos momentos até me lembrou o Vidas Secas, mas ao mesmo tempo a história é outra que me prendeu de uma tal maneira. Para ler mais sobre essa obra que foi escrita por Rachel de Queiroz aos 20 anos, clique AQUI. […]

    ResponderExcluir